Arquivo da tag: Cruzeiro

Lucas Silva, Uma Aula de Futebol

Lucas-Silva.jpg

Em uma equipe que conquista de forma tão brilhante o Brasileirão, sempre haverá muitos destaques. Mas, como seria difícil falar de todos, eu vou falar de um. O Cruzeiro acertou quase em tudo neste Brasileirão. Um destes acertos foi a escalação do volante Lucas Silva. O jogador deu um espetáculo em campo. A habilidade do jogador para dar passe é a mesma para marcar e ocupar espaço, além da capacidade de chutar a gol. Lucas Silva fez atuações perfeitas como todo o Cruzeiro. Na verdade, ele deu uma verdadeira aula de futebol, honrando a camisa azul que já foi de Piazza.

Anúncios

O Poder Mágico do Futebol Mineiro em 2013

CruzeiroAtlético.png

O ano de 2013 está sendo histórico para o futebol mineiro. No primeiro semestre o Atlético conquistou a sonhada Libertadores e no segundo semestre o Cruzeiro conquistou o Brasileirão. Estas conquistas fazem com que a gente veja que houve um planejamento altamente competente dos clubes mineiros em2013. As conquistas das duas maiores competições era algo quase impossível há algum tempo e deixa claro que houve um trabalho muito grande e de muita competência dentro e fora de campo. Como mineiro, eu não poderia deixar de estar feliz pelos dois clubes mineiros. O que é bom para um também é bom para o outro, é o que importa. Provavelmente, haverá um investimento maior no futebol mineiro em 2014, é o que espero para que continue assim. Os clubes vivem de vitórias e quanto mais vitórias melhor. A vitória de um acaba incentivando a vitória do outro. Mas ainda resta o Mundial de Clubes da FIFA no final do ano. O que a gente espera é que o Atlético vença e traga mais um título para Minas Gerais e para o Brasil. Se isso acontecer, o Cruzeiro também sairá ganhando e haverá um crescimento na rivalidade, aquela brincadeira de que você não ganhou o que ganhei, que só faz bem ao futebol e aos clubes. Isso talvez dê ao Cruzeiro uma força maior para buscar o título de Campeão Mundial também, que é o que o torcedor quer, com certeza.

Cruzeiro Tricampeão Brasileiro 1966/2003/2013

Cruzeiro-1966.png

Com a conquista do tricampeonato brasileiro pelo Cruzeiro, voltamos a nos lembrar das três conquistas do clube de Belo Horizonte. Obviamente que as três conquistas têm o mesmo valor. Ser campeão brasileiro é ser campeão brasileiro em qualquer época. Mas, se levarmos em consideração alguns fatores históricos, a conquista de 1966 tem um valor um pouco mais significativo. Se voltarmos a 1966, vamos encontrar uma época muito diferente de hoje em dia. Em 1966, vivia-se a era do rádio, uma era voltada ao romantismo e à fantasia. O Santos de Pelé na época era folcloricamente reconhecido no mundo todo como um time imbatível. Na fantasia da época, o mundo todo dizia que, no Brasil, havia um time de futebol que nunca havia perdido. É bem verdade que o Santos era pentacampeão brasileiro. Mas o que dizia no mundo é que o time do Santos de Pelé nunca havia perdido uma partida sequer. Um dia, a notícia mundial de que aquela equipe que nunca perdera uma partida havia perdido pela primeira vez. Sim, o imbatível Santos de Pelé foi massacrado impiedosamente pelo cruzeiro de Tostão. Essa notícia mexeu com a fantasia do mundo todo na época. Por isso, sempre eu considero que, levando em consideração estes fatores históricos, a conquista de 1966 é insuperável como o Santos de Pelé.

Cruzeiro, Campeão Brasileiro 2013

cruzeiro2013.jpg

O Cruzeiro campeão brasileiro de 2013 é o Cruzeiro de Niginho, que ficou fora da Copa de 1938 porque foi considerado desertor pelo ditador italiano. O Cruzeiro campeão brasileiro de 2013 é o Cruzeiro de Tostão, que massacrou o Santos de Pelé, melhor time de futebol de todos os tempos. O Cruzeiro campeão brasileiro de 2013 é o Cruzeiro de Nelinho e Joãozinho, que venceu os adversários, os árbitros e até a ditadura argentina em 1976. O Cruzeiro campeão brasileiro de 2013 é o Cruzeiro de Alex, que ainda é o único que conseguiu 100 pontos em uma única edição do Brasileirão. O Cruzeiro campeão brasileiro de 2013 é o Cruzeiro de Éverton Ribeiro. O Cruzeiro campeão brasileiro de 2013 é tricampeão brasileiro.

Campeonato Brasileiro de 1966

Zona Norte


Grupo Nordeste

Quartas de Final

Confiança 0x2 CSA

Confiança 1×1 CSA

ABC 0x2 Campinense

ABC 1×2 Campinense

Semifinal

CSA 3×2 Campinense

CSA 2×0 Campinense

Final

Vitória 3×2 CSA

Vitória 4×2 CSA

Vitória classificado.


Grupo Norte

Quartas de Final

Sampaio Corrêa 0x2 Flamengo-PI

Sampaio Corrêa 1×1 Flamengo-PI

Rio Negro 0x6 Paysandu

Rio Negro 0x3 Paysandu

Semifinal

Flamengo-PI 0x2 Paysandu

Flamengo-PI 2×0 Paysandu

Paysandu se classificou por ter tido melhor campanha nas Quartas de Final.

Final

Paysandu 1×3 Fortaleza

Paysandu 1×1 Fortaleza

Fortaleza classificado.


Decisão Zona Norte

Meias-finais

Vitória 1×1 Fortaleza

Vitória 4×0 Fortaleza

Final

Vitória 0x3 Náutico

Vitória 2×3 Náutico

Náutico classificado.


Zona Sul


Grupo Sul

Meias-finais

Ferroviário-PR 3×3 Inter de Lages

Ferroviário-PR 2×0 Inter de Lages

Final

Grêmio 0x0 Ferroviário-PR

Grêmio 3×0 Ferroviário-PR

Grêmio classificado.


Grupo Centro

Quartas de Final

Americano 2×2 Desportiva

Americano 3×0 Desportiva

Anápolis 0x2 Rabello-DF

Anápolis 1×0 Rabello-DF

Anápolis 4×1 Rabello-DF

Semifinal

Americano 0x2 Anápolis

Americano 2×1 Anápolis

Americano 3×2 Anápolis

Final

Cruzeiro 4×0 Americano

Cruzeiro 6×1 Americano

Cruzeiro classificado.


Decisão Zona Sul

Cruzeiro 0x0 Grêmio

Cruzeiro 2×1 Grêmio

Cruzeiro classificado.


Fase Final


Quartas de Final

Náutico 0x0 Palmeiras

Náutico 0x0 Palmeiras

Náutico 3×0 Palmeiras

Semifinal

Santos 2×0 Náutico

Santos 3×5 Náutico

Santos 4×1 Náutico

Fluminense 0x1 Cruzeiro

Fluminense 1×3 Cruzeiro

Final

Santos 2×6 Cruzeiro

Santos 2×3 Cruzeiro


Cruzeiro campeão brasileiro de 1966.


Dados Finais

Participantes: 22

Período: 10/07/1966 a 07/12/1966

Jogos: 47

Gols: 149

Média: 3,17

Melhor Jogador: Bita (Náutico)

Artilheiro: Toninho Guerreiro (Santos) (10 gols)



Cruzeiro e Atlético – Os Milagres do Futebol Mineiro

O futebol mineiro vivia às mínguas e à mercê de esmolas para pagar os salários dos jogadores. As contratações eram poucas e os clubes viviam com os pés no chão. Mesmo com uma folha de pagamento muito baixa, os salários dos jogadores eram pagos com muita dificuldade. Muitas vezes, eu ouvia dizer que os salários estavam atrasados. Mas, de repente, tudo mudou no futebol mineiro. Hoje, os salários são pagos em dia e sem nenhuma dificuldade. A folha de pagamento mudou. Vamos ver o exemplo do Atlético, que está em uma fase ainda melhor. Todos os jogadores titulares do Atlético ou foi ou é de seleção brasileira. Mesmo assim, os salários são pagos em dia e sem dificuldades. O Cruzeiro também não fica atrás, tem uma das mais altas folhas de pagamento do Brasil. Parece que há uma mina de dinheiro para pagar os salários dos jogadores dos clubes mineiros, algo impressionante. Espero que continue assim. Mas sempre fica a pergunta. De onde está vindo tanto dinheiro? Seria a competência incrível dos presidentes dos clubes? Ou seria apenas alguma coisa vinda da política? Acho melhor parar por aqui.

Fábio, Melhor Goleiro da História do Cruzeiro?

Se analisarmos pelas atuações do goleiro Fábio no Cruzeiro, isso seria possível sim. Mas, em um clube que já teve em sua meta goleiros como Raul e Dida, é difícil para qualquer outro ser o melhor. Mesmo porque, quando se fala em melhor de todos os tempos, a primeira coisa que vem à cabeça de todos são os títulos conquistados. Enquanto o Raul conquistou um Brasileirão invicto em 1966 e uma Libertadores em 1976 e o Dida conquistou uma Copa do Brasil em 1996 e uma libertadores em 1997, o Fábio ainda não conseguiu conquistar um título significativo quanto estes. Talvez o goleiro Fábio tenha dado um pouco de azar nas perdas dos títulos da Libertadores em 2009 e do brasileirão em 2010. De qualquer forma, o goleiro está entre a galeria dos melhores jogadores do Cruzeiro de todos os tempos. A esperança agora é que ele consiga transformar suas grandes atuações em títulos. É o que a torcida espera da equipe do Cruzeiro em 2013.