Os Ricos São os Ricos

2742104913_c2cbba179d

Às vezes, eu tento explicar por que eu gosto de falar sobre Jesus cristo. Houve um momento em minha vida em que eu vivi uma depressão muito forte e minha vida parecia ter deixado de ter sentido. Eu sentia que as religiões, ou a grande maioria delas, não estavam seguindo o que Jesus disse. Eu não sei se estava certo, mas foi o que senti. Eu visitei várias religiões nessa época e não consegui me envolver em nenhuma. Mas eu nunca deixei de acreditar em Jesus Cristo e ver Nele a saída para a felicidade. Jesus Cristo sempre deixou claro que o problema do mundo está na riqueza. Ele disse ao jovem rico que vendesse tudo o que tinha e doasse aos pobres. Ele foi tão claro: “que doasse aos pobres”. Por outro lado, Jesus Cristo perdoou a adúltera, a prostituta. Ele só não perdoou a riqueza. Talvez porque Ele não tenha tido oportunidade, porque os ricos não precisaram pedir perdão a Ele. É claro: os ricos se acham os ricos e não precisam de perdão. Se for preciso, eles manipulam o evangelho para se tornarem santos como sempre fizeram.

Anúncios

Encadernação

foto de menina em caderno personalizado

Dias atrás, eu fui a uma papelaria para fazer uma encadernação. É que, de vez em quando, eu gosto de baixar livros da internet para ler direto no papel, sem ter que ficar olhando direto para o computador. A atendente da papelaria imprimiu o livro e começou a colocar o espiral, aquele arame que se coloca para segurar as folhas. Eu vi que ela estava tendo dificuldades para fazer aquele trabalho e já parecia um pouco nervosa porque não conseguia fazer aquilo rápido como queria. Eu fui aonde ela estava e perguntei a ela se ela estava precisando de ajuda. Mas depois eu me arrependi porque eu devo ter lhe causado mais nervosismo provavelmente. Depois outra atendente a ajudou e terminaram de fazer aquela encadernação, de colocar o espiral. Mas eu estava pensado naquela garota quando cheguei a casa. Eu estava pensando no quanto existem pessoas valiosas neste mundo. Aquela garota ficou nervosa apenas porque estava tendo dificuldades de fazer aquele trabalho que, para ela, era uma coisa muito importante. Era uma pessoa honesta que lutava pela vida com aquele carinho todo e com aquela dedicação em busca de fazer o melhor possível. Eu vi, enquanto me lembrava daquela garota, o quanto este mundo é injusto. Muitas vezes nós valorizamos pessoas que não têm o menor caráter, que são capazes das maiores desonestidades por dinheiro, por muito dinheiro, por milhões. Mas aquela garota estava ali, com toda aquela simplicidade, com toda aquela honestidade, com todo aquele empenho, com o máximo de dedicação por tão pouco. Por que será que a gente não valoriza essas pessoas como elas merecem? Eu estava pensando. Nós preferimos valorizar quem nos prejudica, quem nos persegue, quem nos impedem de crescer a valorizar aqueles que nos atende, que nos dão atenção, que se humilham para a gente. Mas essa postagem é apenas um desabafo no meu divã, uma forma de escrever o que sinto e de deixar aqui a meu doce desejo de que o mundo seja cada vez melhor e de que eu possa ter a luz de encontrar pessoas como aquela garota sempre.