Só Uma Tese Fundamentada de Desenho VI

Depois de ter feito a primeira dimensão do desenho como vimos na última postagem, você terá que, obviamente, se necessário, fazer as outras dimensões. Como eu expliquei na primeira postagem que você teria que aplicar o desenho em uma folha limpa, você poderá fazer as 3 dimensões separadas e depois aplicar todas na mesma folha de forma que elas formem o desenho em 3D.

Digitalizar0076

Veja na imagem acima como você vai montar o esboço do desenho para fazer a segunda e terceira dimensão.

Digitalizar0077

Nesta outra imagem, eu vou deixar algumas fórmulas para o caso de você precisar. Se você leu as 6 postagem e tiver conseguido entender o método, espero que seja útil e que tenha gostado.

Anúncios

Só Uma Tese Fundamentada de Desenho V

Obviamente que você não deve ter encontrado utilidade para este método de desenho. Atualmente, com o uso de computadores e máquinas de retrato, o desenho passou a ser uma coisa bastante inútil. Mas, de qualquer forma, eu ainda acho que deve deixar escrito este método em meu blogue. Até agora, nas primeira postagens, você já viu como ampliar o desenho e e ampliar transformando em 3D. Se o desenho estiver em 3D, ele, obviamente, terá 3 dimensões. Uma forma de você fazer essas 3 dimensões é desenhar um retângulo dentro do outro.

Digitalizar0028

Veja a imagem acima como você deve fazer o quadro pequeno antes de transformá-lo em 3D. Isso é importante para o caso de você desenhar objetos como, por exemplo, carteiras de cigarro, casas, televisão etc. È provável que eu ainda escreva algumas postagens sobre este tema neste blogue.

Só Uma Tese Fundamentada de Desenho IV

Se você tiver lido as outras postagens que escrevi neste blogue sobre este tema, você deve ter imaginado que será muito difícil fazer tantos cálculos para fazer um desenho. É lógico que para fazer desenho é necessário muita paciência. Deve ser feito como uma terapia. Mas, de qualquer forma, é bom encontrar formas mais fáceis de fazer o desenho. Você pode usar o ponto de fuga para substituir os cálculos com a calculadora.

01

Para usar o ponto de fuga, você terá que passar uma linha que corta a meio exato dos dois quadros tanto o grande como o pequeno. Veja na imagem acima. Você vai usar apenas o ponto de fuga F. Você vai passar a régua encostada no ponto de fuga F e no local onde a linha encontra o quadro pequeno e marcar onde a régua bate no quadro grande. O quadro grande pode ficar tanto normal quanto em 3D que vai dar certo. É provável que eu escreva mais postagens sobre este tema neste blogue.

Só Uma Tese Fundamentada de Desenho III

Se você tiver lido as outras duas postagens que escrevi neste blogue sobre este tema, você deve ter se perguntado como cheguei a esta fórmula.

C’ =        CB’D”      

        DA’ – CA’ + CB’

Esta postagem é só para explicar o raciocínio que usei.

Digitalizar0058

Veja a imagem acima e imagine que as linhas D e D” são a soma de E + C e E’ + C’ respectivamente.

Agora segue o raciocínio abaixo para você obter a fórmula finalizada.

C = C’A’

E    E’B’

E’ = D” – C’

E = D – C

    C     =         C’A’

D – C         B’D” – B’C’

CB’D” – CB’C’ = DC’A’ – CC’A’

DC’A’ – CC’A’ + CB’C’ = CB’D”

C’ =         CB’D”

         DA’ – CA’ + CB’

É provável que eu ainda escreva algumas postagens sobre este tema neste blogue. Sei que talvez ninguém leia. Mas, de qualquer forma, pode ser útil para alguém.

Só Uma Tese Fundamentada de Desenho II

Se você tiver lido a postagem Só Uma Tese Fundamentada de Desenho I, você já viu como ampliar um desenho. Mas nesta postagem eu vou ensinar como ampliar e transformar um desenho em 3D.

Digitalizar0058

Veja na imagem acima que, para transformar o desenho em 3D, Você terá que fazer o quadro grande em 3D. A diferença é que agora você terá que usar uma fórmula diferente para marcar a linha D”.

C’ =       CB’D”       

      DA’ – CA’+ CB’

Mas nas linhas A’ e B’, você poderá usar a fórmula simplificada.

C’ = CA’

         A

É provável que eu escreva outras postagens neste blogue para que o raciocínio fique mais completo. É melhor fazer uma coisa de cada vez para que, se alguém ler, ele possa entender com mais facilidade.

Só Uma Tese Fundamentada de Desenho I

Eu sempre gostei muito de desenho e, infelizmente, descobri que não nasci com o dom para desenhar. Eu queria muito fazer desenho e, um dia, eu estava observando o escudo do Torino, um clube de futebol da Itália. O fato é que eu imaginei uma forma de ampliar aquele escudo. Era o início de uma odisseia que passei para transformar aquela ideia em um método de desenho. Eu chamava esse método de Método de Torino. Eu sei que ninguém irá se interessar por esse método, mas eu achei que devia postá-lo em meu blogue. Eu vou tentar explicar da forma mais simples que existe.

01

Imagine que você tenha o escudo do Torino desenhado de um tamanho pequeno como na foto acima. A primeira coisa a fazer é criar um quadro com as mesma proporções. A/D = A’/D’. Usando uma régua, faça uma linha sobre a linha do desenho do quadro pequeno e represente-a no quadro grande com as mesmas proporções: C/A = C’/A’. Esse cálculo deve ser feito duas vezes para saber onde serão colocadas as duas pontas da linha. A fórmula será C’ = CA’/A.

02

Agora veja nessa imagem acima que você vai continuar fazendo a mesma coisa em todas as linhas do desenho até completá-lo.

03

A partir da terceira linha, você deve marcar a segunda linha como na imagem acima para que você não se perca. É bom que você marque de caneta para que você possa apagar as outras linhas quando você ver que está muito cheio.

Quando você terminar de contornar o desenho todo, você terá que passá-lo para outra folha limpa. Você pode usar uma caneta sem tinta para fazer isso. É só você colocar o desenho que você fez sobre uma folha limpa e aplicar a caneta sobre os pontos onde as linhas se encontram.

04

Veja na imagem acima que agora você só vai precisar ligar os pontos.

05

Esse é o resultado final do desenho depois que você ligar os pontos.

Mas você deve estar se perguntado se isso irá dar certo para um desenho que não é feito de linhas como o escudo do Torino.

06

Olhe a imagem do desenho do círculo acima e veja se ela responde a essa pergunta.

Talvez eu faça outras postagens nesse blogue sobre essa tese para que ela fique mais completa. Se você ler todas as postagens, talvez você possa tirar algum proveito delas.