Transformando DVD9 em DVD5 no Ubuntu 14.04 com DVD95 Converter

O K9Copy foi descontinuado a partir da versão 12.10 do Ubuntu. Ainda seria viável usá-lo nas versões 13.04 e 13.10. Mas, a partir da versão 14.04, alguns codecs essenciais para o seu funcionamento também foram descontinuados e não é mais viável usar o K9Copy. Outro programa que você pode usar para substituí-lo é o DVD Shrink. Mas você vai precisar do Wine. Veja mais, clicando aqui. Eu já baixei a versão 14.04 ainda beta 1 e testei o DVD95 Converter, que funciona da mesma forma que o K9Copy. Neste exemplo, eu vou usar apenas uma imagem ISO. Mas vai funcionar da mesma forma com o DVD. Você pode instalar o DVD95 Converter com o comando:

$ sudo apt-get install dvd95

Abra o DVD95 Converter com o DVD no drive. Marque todos os áudios e legendas.

Agora clique em Converter.

O programa começará o processo. Se você quiser que ele exiba imagens do vídeo durante o processo, marque o quadrinho à direita.

Espere o processo.

Se você quiser ver o resultado antes de gravar, quando abrir esta janela, clique em reproduzir.

Quando terminar de verificar, feche esta janela.

Agora clique em Avançar.

O programa abriu o K3B para gravar no DVD. Este processo não funcionou. Mas estamos falando de uma versão beta. O importante é que o programa salvou uma imagem ISO na Pasta Pessoal para ser gravada depois.

Quando aparecer esta janela, clique em Fechar.

Anúncios

O Ubuntu Fez Mal ao Debian?

Esta é uma pergunta pertinente. O Ubuntu foi criado a partir do Debian. Então isso pode ter trazido algum prejuízo ao Debian. Mas o que aconteceu foi exatamente o contrário. O Ubuntu passou a ser a porta de entrada para o mundo Linux. A grande maioria dos usuários recém-chegados ao mundo Linux vieram através do Ubuntu. Quando o usuário descobre o Ubuntu, descobre que há outras distros. Obviamente que, pelo fato de o Ubuntu ter vindo do Debian, A curiosidade de conhecer o Debian é inevitável. Isso acabou trazendo muitos usuários novos para o Debian. Outro fator preponderante é que aumentaram também o número de programas. Alguns programadores criaram programas para o Ubuntu. Estes programas geralmente funcionam no Debian. Então, o Ubuntu acabou sendo ótimo para o Debian. Na verdade, essa é a grande ideia do Linux. Quando os usuários conseguem se libertar do velho e terrível Windows e entram no Linux, eles se veem diante de uma liberdade tão grande de escolha que eles nem imaginavam que pudesse existir. O Linux é como nascer de novo e encontrar um mundo diferente onde todos se ajudam. Por isso, o Linux é o único sistema operacional completo.