Por que o Pen Drive Não Libera Espaço Quando Movemos Arquivos Para a Lixeira no Ubuntu?

Neste ponto o Ubuntu é bem diferente do Windows, não é? No Windows, os arquivos da lixeira se encontram em uma pasta no Disco C. No Ubuntu é diferente. O sistema cria uma pasta chamada .Trash-1000 em cada partição, inclusive no Pen Drive. Portanto, se você quiser excluir arquivos do Pen Drive, quando você enviá-los para a lixeira, vá a lixeira e esvazie-a antes de remover o Pen Drive para que os arquivos não continuem nele. Mas, se você já tiver removido o Pen Drive e viu que ele não liberou espaço, este texto talvez possa ajudá-lo.

01.png

Quando você move arquivos para a lixeira no Ubuntu como na foto ou apertando a tecla Delete, na verdade os arquivos continuam no Pen Drive. Se isso aconteceu com você e você removeu o Pen Drive sem esvaziar a lixeira, você deve ter percebido que o Pen Drive não liberou espaço.

02.png

Conecte o Pen Drive novamente à porta USB, abra-o e aperte Ctrl+H. A pasta .Trash-1000 será exibida como na foto acima. Entre na pasta .Trash-1000.

03.png

Agora entre na pasta files.

04.png

Veja que o arquivo excluído está na pasta files. Clique sobre ele com o botão direito do mouse e clique em Recortar.

05.png

Volte para o início do Pen Drive, onde está localizada a pasta .Trash-1000.

06.png

Clique com o botão direito do mouse na área em branco da janela e clique em Colar.

07.png

Aperte novamente Ctrl+H e mova o arquivo novamente para a lixeira.

08.png

Navegue até a lixeira e clique em Esvaziar.

09.png

Agora clique em Esvaziar lixeira.

10.png

Navegue novamente até o Pen Drive e aperte Ctrl+H.

11.png

Entre novamente na pasta.Trash-100 e em files. Veja que o arquivo foi removido de vez do Pen Drive.

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Por que o Pen Drive Não Libera Espaço Quando Movemos Arquivos Para a Lixeira no Ubuntu?

  1. Não precisa toda essa complicação. Uma vez localizada a pasta Trash-1000 basta deletar ela, ou deletar os arquivos que estão nela, dentro da pasta files, usando shift+del. Outra coisa interessante que notei usando cartão de memória foi que as fotos supostamente deletadas e que foram para a pasta trash-1000 voltam para a pasta original DCIM quando o cartão eé removido e recolocado…não testei ainda se isso ocorre nos pendrives.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s