Rua Escura

A rua estava escura

Não havia a ternura

Que havia em você.

Você estava ausente

E eu estava carente

Tentando esquecer.

 

Os seus lábios desejava

meu coração pulsava

O meu sonho perecia.

Eu andava tão sozinho

Esperava seu carinho

E meu peito doía.

 

Já era madrugada

Eu ia na calçada

Uma lágrima no olhar.

Eu voltei para casa

Queimando como brasa

Não deixava de chorar.

 

Foi quando percebi

Que preciso reagir

Para voltar a viver.

Mas tudo é ilusão

Só trago no coração

O que sinto por você.

 

Anúncios

Uma ideia sobre “Rua Escura

  1. Pingback: Poemas que Amo | bentoizaldo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s