Se Ainda Existo

Se ainda existo, acordei de um sonho e, se não existo mais, fui apenas um sonho que passou. Mas procurei sonhar intensamente. Cheguei até mesmo a acreditar que esse sonho fosse real. Acreditei estar num paraíso onde o mais importante era o amor. Tudo me pareceu tão real que tentei encontrar a felicidade. Acreditei que o amor poderia preencher o vazio que havia em mim. Mas as pessoas estavam tão interessadas em outras coisas que se esqueceram do amor.

Mas, agora eu sei, foi tudo ilusão. Eu também fui ilusão. Fui apenas um vento que passou suavemente. Fui apenas uma chama que se acendeu e depois se apagou. Fui uma nuvem que, depois da chuva, se desapareceu.

No sonho de que fui vítima, porém, ainda reluzem outras chamas que insistem em acreditar que tudo seja real. Mas fica em mim a paz de ter sido acordado por quem sempre seguiu meus passos nos caminhos por onde andei. Mas o amor que habita em mim, dentro do coração, fará com que eu volte a ter outros sonhos, onde talvez a gente possa se encontrar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s