Garimpo

Eu queria voar para o céu

E me esquecer do papel

Que interpreto nesta vida.

Eu queria olhar para o espaço

E me esquecer do que passo

Em uma terra tão poluída.

O ar tão cheio de fumaça

E, enquanto a vida passa

Vou tentando ser feliz.

Eu vejo uma água suja

E, por mais que a gente fuja

Nunca a encontra como quis.

Eu queria poder me banhar

Sem na água encontrar

Toda essa podre poluição.

Eu queria um mundo limpo

Sem que houvesse esse garimpo

À procura de algo em vão.

Eu queria ir para a lua

Para não ver em minha rua

Todo esse ar enfumaçado.

Eu queria ter uma nave

E ter no meu bolço a chave

De um lugar melhor cuidado.

Anúncios

Um comentário sobre “Garimpo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s